Com a 24ª posição, a Indústria de Rações Patense Ltda. está entre as empresas que mais exportam no Porto de Paranaguá, localizado na cidade de Paranaguá, Paraná.  A informação é do Terminal de Containers de Paranaguá – TCP.
 
A Patense está no mercado de exportação há um ano, a indústria obteve crescimento de 80% do volume dos produtos enviados para outros países. Inicialmente exportava 250 toneladas, cerca de 10 a 20 container por mês, passando a exportar atualmente 3 mil toneladas, cerca de 100 containers mensais.
 
A Patense exporta produtos como a farinha de carne e ossos bovina, farinha de sangue, farinha de vísceras de aves, farinha de penas hidrolisadas e a farinha de carne e ossos suína. Os países de destino são o Vietnã, Moçambique e Malásia.
 
Para a coordenadora de logística internacional, Sra. Luciana Monteiro, hoje até mesmo os custos do embarque são facilitados pelo grande volume que passou a ser transportado a um curto prazo. “A Patense passou a exportar um grande volume de produtos em um curtíssimo prazo. Vejo que hoje a empresa ocupa essa posição devido a esse aumento no volume, além disso, temos ótima aceitação desses produtos para os países que exportamos” garante.
 
Para o Sr. Clênio Gonçalves, presidente da Patense, foi uma surpresa muito positiva, estar entre as maiores exportadoras do Porto de Paranaguá é resultado de um trabalho reconhecido por outros países. “Estar entre os maiores exportadores do Porto de Paranaguá mostra o resultado muito positivo do nosso trabalho. O aumento da exportação dos nossos produtos é a garantia de que a Patense processa produtos de qualidade, que são vistos com bons olhos por outros países”.
    
A equipe ABRA parabeniza a Indústria de Rações Patense pelo sucesso em suas exportações.