Skip to main content

O presidente do Instituto de Promoção da Carne Bovina Argentina (IPCVA), Ulises "Chito" Forte, disse que o país tem condições de duplicar sua capacidade exportadora de carne bovina para 2018
 
"Mesmo que a demanda local esteja em queda, a demanda mundial aumenta dia após dia. Isso é um sinal de que a Argentina está recuperando a capacidade exportadora para captar novos mercados e seguir presente nos que já está. Para 2018 estaríamos duplicando nossa capacidade e poderíamos alcançar as 470.000 toneladas, aproximadamente", indicou Forte. Em relação aos mercados "prováveis", Forte destacou o Japão e a China. O mercado japonês havia sido encerrado por conta da febre aftosa, mas agora vem avançando substancialmente. A China, por sua vez, representa 40% do mercado do país. Neste ano, a Argentina já exportou 30% a mais do que no ano anterior.
 
Fonte: Infocampo