Skip to main content

A empresa começou em 1981, quando os cientistas da APC descobriram o poderoso papel que as proteínas funcionais derivadas do plasma desempenham em ajudar a apoiar e manter a função imunológica normal em animais. Com um compromisso com a pesquisa e uma paixão por melhorar a vida dos animais, a APC cresceu e tornou-se líder mundial na produção e comercialização de proteínas sanguíneas derivadas de plasma e hemácias. Os ingredientes produzidos pela APC são usados em dietas de ração animal e outras indústrias para agregar valor por meio de propriedades exclusivas que impactam positivamente bilhões de animais a cada ano. Hoje, a APC emprega mais de 500 pessoas em 8 países, com 17 fábricas em todo o mundo. A paixão por ajudar animais a atingir o melhor desempenho está no centro da missão da APC do Brasil.

Proteínas funcionais são proteínas que vão além de apenas nutrir o organismo; sua atividade biológica é mantida quando ingerida pelo animal. Inúmeros trabalhos científicos analisaram a relação entre proteínas funcionais e seus efeitos nos aparelhos digestório, respiratório e reprodutivo.

A APC foi a primeira empresa a investigar os benefícios do uso das proteínas do plasma produzido por spray drying em dietas animais.

Depois de 40 anos, a equipe de Pesquisa & Desenvolvimento continua inovando, com linhas de produtos derivados de diferentes frações de sangue e novas aplicações em dietas de suínos, aves, peixes e animais de companhia.

O grupo de P&D da APC participou ativamente da publicação de mais de 600 artigos em revistas científicas internacionais.

A empresa produziu mais de 12 patentes relacionadas ao processo e utilização de proteínas plasmáticas. A experiência e entusiasmo dos colaboradores da empresa assegura o fornecimento de produtos seguros, eficientes e inovadores para os clientes.

Para o presidente Executivo da ABRA, Decio Coutinho, ter mais uma empresa acreditando no trabalho desenvolvido pela associação é uma grande satisfação para toda equipe e Conselho Diretivo, além de reforçar a importância da união.

Como líder na produção e comercialização de proteínas derivadas do sangue, plasma e hemácias, a APC se assoia à ABRA visando colaborar com discussões e promover a importância da sustentabilidade em toda a indústria, reforça Alvaro Laydner, Diretor Executivo da APC do Brasil.

 

Fonte: Assessoria de Comunicação ABRA
Marcelo Lara, jornalista – Consultor de Comunicação