No último dia 25 de outubro, a Indústria Solimões, do Grupo Fasa S.A. inaugurou a primeira planta de Reciclagem Animal no estado do Amazonas. A empresa está localizada em Iranduba, cidade vizinha a Manaus.
 
O Amazonas possui algumas graxarias que são vinculadas aos frigoríficos e que processam apenas os resíduos destes. A Indústria Solimões processará resíduos gerados em frigoríficos, abatedouros, açougues e supermercados produzindo a farinha de carne e ossos mista, a farinha de sangue e o sebo bovino.
 
A planta tem capacidade para processar 140 toneladas de matéria-prima por dia. A indústria começou as atividades na última segunda-feira, 28 , com aproximadamente 15 funcionários.
 
A indústria Solimões desenvolverá um grande trabalho ambiental para no estado como explica o gerente da indústria Clóvis Moura Júnior. “Supriremos a necessidade de processamento dos resíduos gerados no abate por empresas que antes destinavam esses resíduos em aterros sanitários. Além disso, não havia ninguém no estado que processasse o sangue, o que gerava ainda a contaminação da água e também do solo. A Solimões foi pensada justamente com o caráter sustentável” afirma.
 
Além deste benefício, os produtores de ração do Amazonas terão um distribuidor de matéria-prima no estado.
 
A Solimões pretende estender a sua linha de produção em 2014 com o processamento de resíduos do pescado, produzindo a farinha de peixes.
 
 
A indústria Solimões não será a única na região norte. O grupo Fasa ampliará o número de plantas no próximo ano inaugurando duas unidades, uma no Pará e outra em Rondônia. Além das oito indústrias no Brasil, o Grupo possui uma unidade no México e está em processo de montagem de outra no Peru.