Diante da iminente abertura do mercado da Coreia do Sul para a carne suína brasileira, a Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA) promove o setor exportador brasileiro durante a Seoul Food & Hotel (SFH) 2018, na capital sul-coreana.
Na ação liderada pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA), a ABPA, com o apoio da Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil) fará a divulgação de informações sobre a cadeia exportadora de suínos e aves do Brasil.
Para isto, a representante da associação, Bruna Kassama, realizará contatos com stakeholders locais, representantes de importadores e outros, além de distribuir materiais em coreano, com informações sobre a avicultura e a suinocultura do Brasil, e os contatos dos exportadores.
“Quarto maior importador mundial de carne suína, a Coreia do Sul é um dos mais desejados destinos do comércio internacional do setor. Há grande expectativa sobre a abertura do mercado para o Brasil. Neste cenário, vamos intensificar nossos contatos, buscando aproximação com nossos potenciais clientes”, ressalta Francisco Turra, presidente-executivo da ABPA.
Atualmente, a Coreia do Sul é o 12° mais importante destino das exportações de carne de frango do Brasil, com o embarque de 88,9 mil toneladas em 2017, gerando receita de US$ 167,6 milhões no período.
Fonte ABPA