Bacharel em Relações Internacionais, especialista em Gestão do Agronegócio e mestrando em Agronegócio pela Universidade de Brasília (UnB), o novo adido agrícola na África do Sul, Juliano Vieira, pretende colaborar para a promoção da competitividade internacional do agronegócio brasileiro. Os adidos têm até 60 dias a partir da designação para assumirem os postos.

 
“Como especialista na área agrícola, deverei sugerir ações institucionais que intensifiquem o comércio agrícola do Brasil com a África do Sul”, comentou Vieira. “Além da manutenção do market share já conquistado, será importante propor estratégias para o incremento e diversificação da pauta exportadora”, finalizou.

 
Vieira é analista de Relações Internacionais da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), cedido à Secretaria de Relações Internacionais do Agronegócio (SRI), do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) desde 2009. Na SRI, atuou como ponto focal para cooperação técnica internacional, em especial no que diz respeito aos projetos e iniciativas relacionadas aos países do continente africano e exerceu funções de assessoramento internacional ao ministro de Estado e ao secretário da SRI.

 
Além disso, participou de cursos de extensão nas áreas de negociações internacionais na Dominican University em Chicago, nos Estados Unidos, assim como na Universidade de Buenos Aires, na Argentina. Também participou de missões oficiais do governo brasileiro em visita à África do Sul, Nigéria, Itália, Geórgia e Argentina e por duas vezes foi contemplado com bolsa de estudos para participar do European Visitors Program (EUVP), oferecido pela União Europeia, e do Dutch Visitors Program (DVP), realizado no Reino dos Países Baixos. 
 
 
Fonte: MAPA