Skip to main content

Na semana passada (17), o gestor de Mercado Externo da ABRA, Juliano Hoffmann, realizou videoconferência com o adido agrícola no Vitenã, Tiago Charão. Em nome dos associados, a ABRA recordou os processos e tentativas de aproximação do setor de reciclagem animal com as autoridades vietnamitas e apresentou as expectativas das indústrias brasileiras em relação à possibilidade de exportação.

Segundo o adido, as negociações com o Vietnã ainda enfrentam alguns problemas, como a falta de retorno das autoridades sanitárias do país, o que acarreta listas de estabelecimentos SIF desatualizadas, além de falta de segurança para exportadores de plasma e hemoglobina, e da habilitação de farinha de ruminantes. Embora a Divisão de Inspeção de Produtos de Origem Animal (DIPOA/MAPA) já tenha encaminhado documentação para análise das autoridades vietnamitas, ainda não há modelo vigente de Certificado Sanitário Internacional (CSI) de farinha de ruminantes.

 

Fonte: Assessoria de Comunicação ABRA
Luísa Schardong, jornalista, MTB/RS 0018094