A Associação Brasileira de Reciclagem Animal – ABRA participou entre os dias 28 e 30 de outubro do Congresso da Associação Brasileira das Indústrias Saboeiras e Afins – ABISA Nordeste, realizado em Salvador, Bahia.
 
O presidente da ABRA, Sr. Clênio Gonçalves participou da cerimônia de abertura que e ressaltou o quanto a indústria de higiene, limpeza e também a de cosméticos são importantes para o setor de Reciclagem Animal.
 
Segundo o Sr. Gonçalves, o setor de Reciclagem Animal apurou em 2011 o processamento de mais 12 milhões de toneladas de produtos não comestíveis do abate animal, produzindo cerca de 3,3 milhões de toneladas de farinhas e 1,9 milhões toneladas de gorduras. Os dados apresentados ainda revelaram que do volume total de gorduras produzidos, 1,4 milhões de tonelada é sebo bovino.
 
O mercado de higiene e limpeza é maior consumidor dessa matéria-prima com demanda de 56% do total de sebo produzido em 2011. Para o Sr. Clênio Gonçalves, este número confirma a importância do setor de higiene e limpeza para a indústria brasileira de reciclagem animal. “Estes números mostram o quão é importante à indústria de higiene e limpeza para nosso setor e tanto o congresso quanto a feira traz a oportunidade de estarmos bem informados e ampliarmos os nossos negócios” afirma.
 
Já o coordenador técnico da ABRA, Sr. Lucas Cypriano, ressaltou a importância estreitar o relacionamento com Associação Brasileira das Indústrias Saboeiras e Afins e disse que o setor de Reciclagem Animal busca novidades para o mercado de higiene e limpeza. “A participação da Abra foi muito importante para aumentarmos nosso relacionamento com a ABISA e para mostrar ao importante segmento de saboarias, clientes dos nossos associados, que estamos em busca de novas fontes de gorduras para o mercado”.
 
Em 2011 o setor de Reciclagem Animal gerou negócios na casa de R$ 6,1 bilhões, com expectativa de crescimento de até 6% para 2012.