O abate de frangos no país cresceu 6,7% no terceiro trimestre deste ano, na comparação com o periodo anterior, e alcançou 1,419 bilhão de cabeças, segundo dados divulgados nesta quinta-feira (11) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). O número é recorde em toda a série do instituto, iniciada em 1997.
 
 
Houve recorde, também, na produção de ovos de galinha, que alcançou 720,036 milhões de dúzias no período – a maior produção da série, iniciada em 1987, e uma alta de 3% sobre os três meses anteriores. O abate de suínos foi também recorde, atingindo 9.641 milhões de cabeças, com alta de 5,1% sobre o segundo trimestre.
 
 
Já o abate de bovinos registrou queda na passagem do segundo para o terceiro trimestre deste ano, de 1%, para 8,457 milhões de cabeças. Frente ao mesmo período de 2013, houve queda de 4,5%, interrompendo uma série de 11 altas trimestrais consecutivas.
 
 
Fonte: Globo Rural