Na abertura do 11º Congresso Brasil Render/Graxaria em paralelo com a 7ª edição da Fenagra, que aconteceu entre os dias 08 e 09 deste mês, a ABRA –Associação Brasileira de Reciclagem Animal  teve grande visibilidade dos participantes com a presença do Sr. Pedro Bittar, vice-presidente da Associação, que destacou a importância da união do setor para a qualidade no segmento.

Também fizeram parte da mesa de abertura o Sr. Gustavo Razzo, presidente do Sincobesp e da Razzo, juntamente com o Sr. Francisco Turra, presidente da Ubabef e o Sr. Mário Sérgio Cutait, presidente do IFIF.

O evento reuniu vários expositores e palestrantes internacionais e nacionais da cadeia de reciclagem animal. Durante a abertura o presidente do Sincobesp (Sindicato Nacional dos Coletores e Beneficiadores de Sub Produtos de Origem Animal)  destacou o benefício da feira para os participantes e para o meio ambiente. “Espero que seja de grande valia para que a gente possa mostrar não só as palestras e os stands, mas que a gente consiga agregar um pouco mais da nossa história de preservação”.

O vice-presidente da ABRA (Associação Brasileira de Reciclagem Animal), Sr. Pedro Bittar também fez seu posicionamento da importância da feira para o setor, engrandecendo os trabalhadores e ao que contribuem para o setor. “Essa feira só tem a acrescentar para o setor e não pertence ó a ABRA e ao Sincobesp, ela pertence também a todos esses homens que trabalham na indústria de reciclagem”diz.
Sr. Pedro também reforçou a importância das empresas de graxaria em se unirem a Associação. “Nós convocamos a todos os empresários e todo os que estão próximos ao segmento que seu unam a nos para que possamos fazer um segmento com mais competitividade, com mais qualidade para que sejamos acrescidos, não só a nível do Brasil, mas a nível  mundo”completa.

O terceiro a discursar foi o presidente do IFIF (International Feed Industry  Federation), Sr. Mário Sérgio Cutait, que felicitou e parabenizou a união entre a ABRA e o Sincobesp. “Eu que convivi muitas vezes com ambas entidades, trabalhando em paralelo, então é muito bacana que agora elas estejam juntas”.

Quem finalizou a cerimônia foi o Sr. Francisco Turra, presidente da Ubabef (Associação Brasileira dos Produtores e Exportadores de Frangos), enfatizou a revolução brasileira dentro da temática de reciclagem, considerando que era indiscutida a algumas décadas atrás. “É um evento muito importante no ponto de vista econômico e social e também na visão do novo Brasil. Veja que isso seria impensado a 30 anos passados de estarmos aqui reunidos para aproveitar ao máximo a reciclagem como riqueza para servir ao ser humano, especialmente ao nosso país que é vocacionado a produzir alimentos, ela tem um sentido ainda maior” considera.

Durante a Feira também foi lançada a Associação Latino Americana Render/Graxarias sendo que os países latino americanos movimentam anualmente US$ 6 bilhões com participações do Brasil que é o segundo maior mercado de reciclagem animal do mundo.

A 7ª Fenagra aconteceu no Centro de Convenções Frei Caneca em São Paulo contando com 36 stands de expositores e a participação de membros de 22 países.